5 motivos por que amamos Big Data

Hoje é dia dos namorados. Nada mais justo do que escrevermos um texto homenageando nosso maior amor. Aqui vão 5 motivos por que amamos Big Data.

 

1. Alguém acendeu as luzes

Antigamente as pessoas operavam no escuro. O antigo processo de tomada de decisão envolvia muito instinto e intiuição. Agora não é mais assim. Com a análise de Big Data podemos monitorar e prever resultado para praticamente tudo que podemos imaginar. Com o  racicínio baseado em evidências, a lógica é utilizada apenas para apoiar esse processo. É como se antes trabalhassemos no escuro e alguém acendesse a luz.

2. O mundo se tornou mais eficiente

2015 é o ano da "internet das coisas" (IoT), já ouviu falar dela? Para quem não sabe, IoT é um termo utilizado para descrever um sistema de dispositivos conectados que são utilizados para capturar, gravar e transmitir uma grande quantidade de dados que descrevem operações de equipamentos no mundo físico. Diversos são os profissionais envolvidos nesse processo, não apenas os cientistas de dados, mas também engeinheiros, mecânicos designers e vários outros. Como você pode imaginar, a internet das coisas é incrivelmente útil quando estamos tentando alcançar a máxima eficiência nos recursos mecânicos e de operações. O mundo se tornou mais eficiente.

3. Ela nos da poder para manipular resultados

A análise de Big Data é como uma lanterna que ilumina qualquer sistema, processo ou operação de dados. Você quer mais visibilidade online? Tente usar as métricas analíticas para mensurar, monitorar e otimizar sua atividade na midia social. Quer aumentar a conversão para seu e-commerce? Tente monitorar o que seus visitantes estão fazendo quando entram em seu site. Quer aumentar suas vendas? Tente implementar um sistema de recomendação de produtos. Invista na ciência de dados e você poderá alcançar praticamente qualquer resultado que almeja.

4. O Big Data está salvando vidas

Organizações sem fins lucrativos estão usando a análise de Big Data para salvar vidas. Por exemplo:

- Elva’s long-standing community safety network. Esse projeto envolve o mapeamento, análise, modelagem e uma plataforma mobile de comunicação para salvar e proteger vidas dos perigos e incidentes que ocorrem com frequência na região de Shida Kartli, na Geórgia (EUA).

- QCRI’s Artificial Intelligence for Disaster Response (AIDR) program. Um dashboard no Twitter que, a partir da análise dos dados da rede, auxilia os tomadores de decisão em momentos de desastres com insights em tempo real.

5. Auxilia em nosso próprio negócio

Por fim, o Big Data aulixia também nosso próprio negócio. Existimos para ajudar empresas a tomarem decisões inteligentes, mas com o conhecimento de nossos cientistas de dados, somos capazes de ter insights também sobre a e-Setorial. Ajudamos os outros e ajudamos a nós próprios. Como não amar?